quarta-feira, 18 de julho de 2018

SEO para e-commerce: 4 erros comuns e críticos


É bastante comum, principalmente em pequenas e médias empresas, que o profissional de comércio eletrônico considere que, o simples fato de seu negócio contar com centenas ou milhares de produtos listados nos buscadores, o tráfego orgânico advindo dessas páginas é apenas uma questão de tempo. Infelizmente não poderia estar mais errado.

A realidade é que a otimização – SEO para e-commerce é muito mais complicado do que otimizar um site simples de apenas algumas páginas ou ainda um Blog. As razões são muitas, mas principalmente pelo fato de uma Loja Virtual geralmente ter muitas páginas de produtos que são atualizadas ou que saem do site rotineiramente.

Por isso, nós gostaríamos de listar os 4 erros mais críticos que geralmente encontramos no mercado ao falarmos de otimização (SEO) para sites de comércio eletrônico.

Utilizar a descrição de produtos dos fabricantes

Talvez o erro mais comum que notamos ao longo desses últimos anos com Lojas Virtuais dos mais variados portes é justamente o de copiar “ipsis litteris” toda a descrição dos produtos do Fabricante. Essa prática é muito comum principalmente em pequenos negócios em que o empreendedor não tem tempo nem recursos para criar uma descrição para cada produto de sua Loja Virtual.

O problema disso é que essas descrições de produtos são distribuídas para outras centenas ou até milhares de lojas que concorrem com seu negócio. E o que acontece? O Google reconhece esse conteúdo como algo não exclusivo e acaba penalizando os sites com conteúdo idênticos.

E quer piorar? Em 90% dos casos, essas descrições não são criadas com o intuito de vender ou não contém elementos persuasivos. Elas possuem apenas um caráter descritivo.

Então, para combater esse erro invista sempre em conteúdo exclusivo. Não é nada fácil, principalmente se você possui centenas ou até milhares de páginas, mas é o primeiro passo para que você consiga obter bons resultados com o SEO para sua Loja.

Descrições de Produtos “Pobres”

Esse segundo erro acontece muito no e-commerce brasileiro e tem a ver com a tentativa de não cair na armadilha do primeiro erro. Infelizmente, a falta de um texto descritivo bastante completo do produto praticamente aniquila as chances da página se consolidar numa boa posição do Google, por exemplo. Isso acontece mesmo em casos de consultas de baixa frequência (cauda longa, como costumamos dizer). Se você pensa em obter bons resultados com o SEO para e-commerce, então leve essa questão à sério.

Você pode pensar: “Mas uma imagem fala mais que mil palavras”, e isso continua sendo verdade, no entanto, os buscadores não podem “ver” imagens. Dessa forma, é importante que você adicione uma descrição completa ao seu produto.

É importante destacar que quanto mais original for sua descrição do produto, melhor será para seus esforços de SEO. Dessa maneira, mantenha os seguintes princípios:
  • Não copie conteúdo de outros sites. Os motores de busca irão penalizá-lo por isso.
  • Só escreva conteúdo descritivo de qualidade que ajude seus clientes a tomar decisões de compra. Não fique “enchendo linguiça” no bom português.
  • Insira palavras-chave relevantes e que estejam de acordo com o produto que você está vendendo. Dê preferência para a “trinca” (Title, URL, H1), ou seja, procure utilizar no conteúdo descritivo termos que você destacou no seu título da página (Meta title), na descrição da URL e na tag H1. Mas cuidado para não exagerar, use com parcimônia.

Falta de recomendações e avaliações dos produtos pelos clientes

No comércio eletrônico um fator muito importante e que tem um peso na decisão de compra são as ferramentas de avaliação de um produto. Isto significa que se a sua Loja Virtual não apresenta esses comentários de clientes você está perdendo uma grande oportunidade. Além do peso que esses comentários possuem para a decisão de compra, também auxiliam o SEO de seu e-commerce.

É importante destacar que essas páginas de avaliações são mais fáceis de ranquear no Google do que outras páginas. Nas lojas de maior porte essas ferramentas são comuns, no entanto em lojas menores nem sempre nos deparamos com esse importante instrumento de otimização.

A Amazon sempre aplicou esse processo com maestria e colhe os resultados dessa prática há muitos anos. É comum você entrar em algum produto da Amazon (principalmente livros) e ver que existem resenhas escritas em 2001 ou 2004, por exemplo.

E você sabe qual a coisa mais linda disso tudo?

Os clientes estão criando conteúdo exclusivo para sua loja on-line e totalmente grátis! Eles acabam mantendo a página sempre atualizada, o que pode beneficiar ranking no Google.

Conteúdo duplicado – Partes comuns das páginas

Esse erro é também muito comum em sites de comércio eletrônico: Sabe aquelas descrições que são gerais e acabam ficando em todas as páginas? Ex: Páginas para imprimir, arquivos com diferentes elementos de classificação, tags e muito mais – todos estes elementos não devem ser indexados pelos motores de busca e devem ser bloqueados pelo robots.txt. Isto é importante porque a sua Loja Virtual pode ser penalizada em função de páginas duplicadas (especialmente em grandes sites).

Esses são alguns dos principais erros que encontramos em nosso dia a dia nos sites de comércio eletrônico com os quais já trabalhamos e observamos no mercado brasileiro e que impactam negativamente no SEO.

E você? Quais outros erros no SEO para e-commerce que você identificou? Por favor, deixe seu comentário abaixo.

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Local: Brasil

0 comentários:

Postar um comentário