terça-feira, 31 de julho de 2018

Quer aumentar sua taxa de conversão? Siga esses 5 gatilhos


Levar tráfego para o seu site é ótimo, mas se esse tráfego não se converter, ele é quase inútil. Selecionamos aqui cinco dicas estratégicas simples que podem ajudar você a obter mais conversões.

1. Inclua uma proposta de valor clara

Diga aos seus potenciais compradores o que é especial em seu produto. Como é que ele se difere de todos os outros produtos semelhantes no mercado?

2. Deixe claro os benefícios de seu produto ou serviço

Listar as características de seu produto é importante, mas é ainda mais importante informar aos clientes potenciais exatamente como o seu produto irá ajudá-los ou resolver seus problemas.

3. Preste muita atenção no seu título

Seu título é talvez o elemento mais importante de sua página de destino. Pense em algo forte, simples e objetivo, que deixe claro o propósito da página.

4. Use um vídeo para humanizar a sua marca

Incluir um simples vídeo em páginas de destino pode mostrar que há uma pessoa real por trás da sua marca.

5. Recomende produtos relacionados

Incluir links para conteúdos ou produtos relacionados pode manter os visitantes envolvidos em seu site.

Siga essas dicas básicas e tenha mais conversão para o seu site.

Comente aqui o que você também acha pertinente abordar para trazer conversão.

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

segunda-feira, 30 de julho de 2018

4 sacadas essenciais para o seu site mobile


O Google, líder indiscutível em busca, decidiu que os sites precisam atender a crescente demanda dos consumidores por desempenho mobile e está lançando um novo rótulo “mobile friendly” para os resultados de pesquisa em dispositivos móveis. O novo recurso, que poderá em breve afetar os rankings de busca de websites, vai tornar mais fácil para as pessoas encontrarem o que estão procurando em um formato que funciona melhor em seus dispositivos móveis.

E a sua loja virtual, passa no teste mobile friendly do Google? Se não, aqui estão quatro maneiras de você construir um site móvel otimizado para gerar receitas e permanecer competitivo nos rankings de busca:

1. Pense primeiro na tela menor

Comece fazendo três perguntas fundamentais no seu projeto de website: Quais são as coisas mais importantes para que o cliente ver? Quais são as coisas mais importantes para que o cliente clique? Quais são as coisas mais importantes para a conversão? Responder a estas perguntas vai ajudá-lo a identificar quais informações e recursos são mais importantes para incluir na página e garantir que seus objetivos de negócio sejam manifestados no design do site.

2. Desenvolva uma chamada à ação

Existem uma principal chamada para a ação em um site de comércio eletrônico: “Adicionar ao Carrinho”, e ela deve ser exibida de forma destacada em cada página do produto, abaixo da foto do produto.

3. Navegação simplificada

Considerando que o consumidor pode usar um mouse para navegar em torno de uma página maior no desktop, o mesmo não acontece no celular. A chave para a navegação eficaz no celular é reduzir a experiência de compra para apenas o que o cliente precisa ter. A experiência deve ser mais visual e intuitiva, com mais informação acessível quando o consumidor quer.

4. Faça um check-out

É frustrante quando um cliente passa por quase todo o processo de compra e abandona o carrinho. É por isso que é especialmente importante, no celular, ter o menor número de barreiras para isso possível.

Use um check-out de rolagem em vez de forçar os consumidores a irem para uma nova tela e esperarem por ela carregar. Você pode melhorar ainda mais o seu check-out, diminuindo o número de campos e adicionando uma funcionalidade de preenchimento automático. Isto não só reduz as teclas que os clientes precisam digitar, mas completa uma transação, e também ajuda a evitar erros de cobrança e entrega devido a erros de digitação.

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Como melhorar seu posicionamento na busca local


Você sabe por que as pessoas fazem busca local? Sabe o que seu negócio deve oferecer para que o usuário tenha uma ótima experiência? Você vai encontrar abaixo alguns importantes fatores locais do ranking de busca que você deve estar ciente para melhorar a sua pesquisa rankings locais.

1. Citações

Um dos mais importante fatores de ranking de busca local é ter citações de grandes provedores de dados ou Páginas Amarelas da Internet. As citações são referências em toda a web que contêm o nome da empresa, endereço, número de telefone, site e elas são exibidas na aba “Páginas da Web” dentro de uma listagem de empresas locais.

2. Localização como palavras-chave

A localização é como qualquer outra palavra-chave e você deve usar o nome da cidade nos títulos das páginas, cabeçalhos, cópia do corpo, textos âncora, etc. Como qualquer outra palavra-chave, é bom usá-la várias vezes, mas não muitas vezes.

Escreva a sua localização também no texto âncora dos seus links de entrada (aqueles que você pode controlar) e na descrição do local e listagem de empresas.

3. Exibir informações de negócio em seu site

Na sua página de contato, certifique-se de ter incluído o endereço completo e número de telefone do seu negócio.

Endereço IP

Não é realmente um fator de ranking, mas um importante elemento que retorna resultados pelo Google é o endereço IP do usuário. No entanto, se o Google não é capaz de ter nenhum resultado usando o IP, então ele vai pedir um local.

4. Ter um Web Site otimizado para celular

Um site otimizado para celular é essencial para uma estratégia de busca móvel eficaz por duas razões.
  • Sites otimizados para celulares tornam mais fácil para os usuários se converter em clientes.
  • A experiência móvel pobre pode prejudicar a reputação da sua marca.

Local SEO

Uma campanha de SEO é uma das formas absolutas mais eficazes para assegurar que os potenciais clientes podem encontrar o seu negócio ao realizar uma busca móvel. Uma estratégia de SEO local bem executada significa que você tem tanto um site que é otimizado para localização específica em termos-chave, bem como listagens de negócios locais otimizada, como o Google+ Local e Bing local.

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

terça-feira, 24 de julho de 2018

Criando advogados para sua marca


Todo empresário inteligente sabe que precisa usar a mídia social para efetivamente comercializar o seu negócio e sua marca. Mas, um dos problemas enfrentados é o de obter engajamento nos posts. Em muitos casos, as contas de mídia social não têm muito muitos seguidores, conexões ou interações. Assim, se por exemplo, você postar no Facebook e o seu número relativamente pequeno de seguidores significa que o algoritmo do Facebook vai manter o engajamento muito baixo. Mas há uma maneira de aumentar o envolvimento sem investir muito dinheiro em impulsionar posts. Quer saber como?

Criando advogados da marca

  1. Na próxima reunião de equipe, anuncie que você deseja que todos os membros da equipe promovam as mensagens da empresa em suas contas pessoais de mídia social – Facebook, LinkedIn, Twitter e Instagram – em uma base regular. Ofereça em troca a oportunidade de sugerirem temas ou, até mesmo, publicarem nos seus canais.
  2. Em um seguimento e-mail, peça a todos para seguir todas as suas páginas contas no Facebook, LinkedIn, Twitter e Instagram.
  3. Você precisa ter um líder social na empresa. Ele funciona melhor se for o proprietário, presidente ou uma parte interessada. Ele ou ela vai separar uma carga horária para administrar as redes sociais e interagir com o público nelas.
  4. Use todas as redes sociais para um mesmo post, mas adapte o formado para cada plataforma. O post precisa ser interessante e envolvente.
  5. Envie seus e-mail sempre com todos os links para as redes sociais da sua empresa, e compartilhe um comentário pessoal acrescentando para as pessoas seguirem e participarem das discussões nesses canais.
  6. Crie competições e, publicamente, distribua recompensas. Os funcionários com o maior engajamento, por exemplo, podem receber um prêmio em dinheiro, almoço, dia de folga ou algo mais interessante.
Fazer seus funcionários serem defensores sociais da sua marca é uma forma incrivelmente rentável de construir sua marca e gerar novos negócios por meio da advocacia. Isso também ajuda a construir a moral dos funcionários e cria uma cultura corporativa onde a equipe se sente como se estivesse contribuindo diretamente para o sucesso da empresa.

Agora você tem a fórmula para transformar sua equipe em advogados da sua marca. Comece já!

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Elimine esses 3 erros ao trabalhar com Google Ads


Dada a quantidade de ruído digital on-line nos dias de hoje, expandir suas campanhas de marketing digital, colocando sua marca na frente do seu público-alvo com anúncios pagos, é uma estratégia poderosa, e o Google Ads torna fácil esta abordagem.

Mas, infelizmente, só porque é fácil de abrir uma conta Ads, não significa que também é fácil gerar um retorno positivo sobre o investimento utilizando este serviço.

Muitos anunciantes começam com boas intenções, mas têm a experiência limitada. Como resultado, se deparam com erros comuns que podem prejudicar a rentabilidade de suas campanhas.

Os erros e suas soluções para melhorar o seu ROI PPC são:

Segmentação de palavras-chave demasiadamente ampla

Ao colocar “Sapatos femininos” você nunca vai estar em primeiro lugar por palavras-chave gerais. Em vez disso, comece suas campanhas do Ads com grupos de cinco a 10 palavras-chave de cauda longa – de preferência aquelas que você identificou como boas a partir de dados encontrados no Google Analytics ou no Google Webmaster Tools contas.

Colocar muitas palavras-chave em um grupo de anúncios

No mundo ideal, você cria uma página de destino única e um anúncio PPC para cada palavra-chave, de modo que a experiência do seu usuário é facilmente segmentada. Mas manter os grupos de anúncios de apenas cinco a 10 palavras-chave é a melhor estratégia.
Isso vai impedir que você force muitas palavras e frases não relacionadas nos mesmos anúncios e páginas de destino.

Envio de tráfego diretamente para a sua página inicial

Se você simplesmente mandar os visitantes para sua página inicial, você está fazendo-os trabalhar para encontrar as informações que desejam, levando a taxas de retorno mais elevadas, mas perda de oportunidades de conversão e despesas de anúncios desnecessários. Pode dar um pouco mais de trabalho para criar páginas de destino personalizadas para suas campanhas de PPC, mas os resultados valem o esforço.

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

quarta-feira, 18 de julho de 2018

SEO para e-commerce: 4 erros comuns e críticos


É bastante comum, principalmente em pequenas e médias empresas, que o profissional de comércio eletrônico considere que, o simples fato de seu negócio contar com centenas ou milhares de produtos listados nos buscadores, o tráfego orgânico advindo dessas páginas é apenas uma questão de tempo. Infelizmente não poderia estar mais errado.

A realidade é que a otimização – SEO para e-commerce é muito mais complicado do que otimizar um site simples de apenas algumas páginas ou ainda um Blog. As razões são muitas, mas principalmente pelo fato de uma Loja Virtual geralmente ter muitas páginas de produtos que são atualizadas ou que saem do site rotineiramente.

Por isso, nós gostaríamos de listar os 4 erros mais críticos que geralmente encontramos no mercado ao falarmos de otimização (SEO) para sites de comércio eletrônico.

Utilizar a descrição de produtos dos fabricantes

Talvez o erro mais comum que notamos ao longo desses últimos anos com Lojas Virtuais dos mais variados portes é justamente o de copiar “ipsis litteris” toda a descrição dos produtos do Fabricante. Essa prática é muito comum principalmente em pequenos negócios em que o empreendedor não tem tempo nem recursos para criar uma descrição para cada produto de sua Loja Virtual.

O problema disso é que essas descrições de produtos são distribuídas para outras centenas ou até milhares de lojas que concorrem com seu negócio. E o que acontece? O Google reconhece esse conteúdo como algo não exclusivo e acaba penalizando os sites com conteúdo idênticos.

E quer piorar? Em 90% dos casos, essas descrições não são criadas com o intuito de vender ou não contém elementos persuasivos. Elas possuem apenas um caráter descritivo.

Então, para combater esse erro invista sempre em conteúdo exclusivo. Não é nada fácil, principalmente se você possui centenas ou até milhares de páginas, mas é o primeiro passo para que você consiga obter bons resultados com o SEO para sua Loja.

Descrições de Produtos “Pobres”

Esse segundo erro acontece muito no e-commerce brasileiro e tem a ver com a tentativa de não cair na armadilha do primeiro erro. Infelizmente, a falta de um texto descritivo bastante completo do produto praticamente aniquila as chances da página se consolidar numa boa posição do Google, por exemplo. Isso acontece mesmo em casos de consultas de baixa frequência (cauda longa, como costumamos dizer). Se você pensa em obter bons resultados com o SEO para e-commerce, então leve essa questão à sério.

Você pode pensar: “Mas uma imagem fala mais que mil palavras”, e isso continua sendo verdade, no entanto, os buscadores não podem “ver” imagens. Dessa forma, é importante que você adicione uma descrição completa ao seu produto.

É importante destacar que quanto mais original for sua descrição do produto, melhor será para seus esforços de SEO. Dessa maneira, mantenha os seguintes princípios:
  • Não copie conteúdo de outros sites. Os motores de busca irão penalizá-lo por isso.
  • Só escreva conteúdo descritivo de qualidade que ajude seus clientes a tomar decisões de compra. Não fique “enchendo linguiça” no bom português.
  • Insira palavras-chave relevantes e que estejam de acordo com o produto que você está vendendo. Dê preferência para a “trinca” (Title, URL, H1), ou seja, procure utilizar no conteúdo descritivo termos que você destacou no seu título da página (Meta title), na descrição da URL e na tag H1. Mas cuidado para não exagerar, use com parcimônia.

Falta de recomendações e avaliações dos produtos pelos clientes

No comércio eletrônico um fator muito importante e que tem um peso na decisão de compra são as ferramentas de avaliação de um produto. Isto significa que se a sua Loja Virtual não apresenta esses comentários de clientes você está perdendo uma grande oportunidade. Além do peso que esses comentários possuem para a decisão de compra, também auxiliam o SEO de seu e-commerce.

É importante destacar que essas páginas de avaliações são mais fáceis de ranquear no Google do que outras páginas. Nas lojas de maior porte essas ferramentas são comuns, no entanto em lojas menores nem sempre nos deparamos com esse importante instrumento de otimização.

A Amazon sempre aplicou esse processo com maestria e colhe os resultados dessa prática há muitos anos. É comum você entrar em algum produto da Amazon (principalmente livros) e ver que existem resenhas escritas em 2001 ou 2004, por exemplo.

E você sabe qual a coisa mais linda disso tudo?

Os clientes estão criando conteúdo exclusivo para sua loja on-line e totalmente grátis! Eles acabam mantendo a página sempre atualizada, o que pode beneficiar ranking no Google.

Conteúdo duplicado – Partes comuns das páginas

Esse erro é também muito comum em sites de comércio eletrônico: Sabe aquelas descrições que são gerais e acabam ficando em todas as páginas? Ex: Páginas para imprimir, arquivos com diferentes elementos de classificação, tags e muito mais – todos estes elementos não devem ser indexados pelos motores de busca e devem ser bloqueados pelo robots.txt. Isto é importante porque a sua Loja Virtual pode ser penalizada em função de páginas duplicadas (especialmente em grandes sites).

Esses são alguns dos principais erros que encontramos em nosso dia a dia nos sites de comércio eletrônico com os quais já trabalhamos e observamos no mercado brasileiro e que impactam negativamente no SEO.

E você? Quais outros erros no SEO para e-commerce que você identificou? Por favor, deixe seu comentário abaixo.

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Como conquistar atenção com seu marketing de conteúdo?


Se você quiser se destacar do ruído no mundo carente de atenção de hoje, aqui estão algumas coisas que você pode fazer em suas estratégias de marketing de conteúdo.

Não divulgue dados sobre o seu público sem um “por quê”

Isso confunde, desengata e intimida o seu público. Certifique-se de que os dados que você está apresentando são relevantes e fáceis de entender e comunicam claramente valor. Caso contrário, os dados simplesmente se tornam mais um ruído sem sentido, e o seu público irá ignorar.

Não use jargões de mercado

Você corre o risco de alienar o seu público, porque ele pode não compreender ou não ter a capacidade de se relacionar com a conversa cheia de sintaxe e complicada.

Não diga. Mostre!


Não diga ao seu público como sua solução funciona e por que é a melhor. Conte histórias de seus clientes. Destaque pessoas reais com problemas reais e com as famílias reais. Tente demonstrar como você ajuda seus clientes sem falar sobre sua solução. Não fale sobre o que você faz. Fale sobre o que você faz para seus clientes.

Mude sua maneira de pensar a partir de: “Aqui está o que o nosso produto pode fazer” para, “Aqui está o que você pode fazer com o nosso produto.”

Pare de falar sobre si mesmo, e comece a pensar como seu cliente com um foco neles. Conte histórias que eles possam se conectar emocionalmente com elas. Crie conteúdo que informa, entretém e fornece valor para o seu público. Quando você fizer isso, o conteúdo que você criar ajudará o seu público e, por sua vez, construirá uma relação baseada na confiança. Essa confiança é o que finalmente vai impulsionar as vendas reais e valor de negócio.

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

domingo, 8 de julho de 2018

8 Coisas extremamente importante que você não sabia sobre Inbound Marketing



Definimos, em linhas gerais, o Inbound Marketing como um tipo de estratégia de Marketing Digital, onde determinada empresa visa captar a atenção do seu público sem ser invasiva, levando conteúdo educativo e de qualidade através das mídias disponíveis pela web, ou seja, através de newsletters, blogs, podcasts, vídeo, e-books, bem como técnicas de SEO e tudo o que envolva o universo do Marketing de Conteúdo.

Pontuamos a seguir, 8 coisas que você não sabia sobre Inbound Marketing e que irão ajudar a alavancar resultados e otimizar as estratégias de sua empresa.

Inbound Marketing necessita de planejamento


Com a presença e influência da internet cada vez mais intensa não somente na vida das pessoas, mas sobretudo no que diz respeito ao ambiente corporativo e empreendedor, é mais do que necessário compreender como o Inbound Marketing pode tanto ajudar como também ser um desperdício, se usado de forma aleatória e sem um planejamento.

Inbound Marketing proporciona um relacionamento construído de forma sólida

Um dos principais argumentos favoráveis ao Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo é a capacidade de se construir um relacionamento com os clientes, propiciando a eles uma melhor experiência com a marca, lançando mão para alcançar isso a poderosa ferramenta do conteúdo digital.

Inbound Marketing faz sua empresa ser procurada

Com o Inbound Marketing, sua empresa passa não apenas a ser mais vista, como também, mais buscada, principalmente por aqueles que estão em busca exatamente daquilo que você oferece, ou seja, você tem a solução para o problema do cliente e ele irá atrás de você para resolver esta problemática.

Inbound Marketing é uma das várias facetas do Marketing de Conteúdo

Podemos comparar o Marketing de Conteúdo com uma caixa de ferramentas, composta de várias outras ferramentas. O Inbound Marketing, neste contexto, seria uma das ferramentas que estão dentro desta caixa. Com o Inbound Marketing cria-se um estreitamento maior entre empresa e consumidor, tudo por meio da criação de conteúdo relevante ao público alvo.

Inbound Marketing visa a produção de conteúdo relevante para destacar a empresa

A produção de conteúdo relevante é o mote que destaca a empresa no cenário atual do mercado. É ele que determina a imagem da empresa, que faz com que ela seja, de fato, notada.

Não investir em Inbound Marketing é um risco

Quando não se investe em Inbound Marketing, sua empresa deixa de marcar presença on-line, e o que é pior, abre espaços para que o concorrente avance, enquanto você fica para trás.

Inbound Marketing é essencial para cativar seu público alvo

Uma pesquisa publicada pelo site ‘Viver de Blog’ apontou que 70% das pessoas disseram preferir conhecer uma empresa por meio de conteúdo, e não através da publicidade “clássica” e tradicional. Sendo assim, se você quer atingir a maior parte de pessoas possíveis, é mais do que óbvio que deve focar num planejamento estratégico em Marketing de Conteúdo, Inbound Marketing, e assim, produzir conteúdo relevante, cativante, que chegue no coração das pessoas e que possa associar sua marca com valores positivos.

Além de um negócio

Acima de tudo, o Inbound Marketing é capaz de agregar valor ao seu negócio e colocar sua empresa em destaque perante as demais. Ao produzir conteúdo relevante e que faça a diferença na vida das pessoas, a imagem da empresa não fica restrita somente a um negócio, como apenas parte de um sistema de compra e venda. Mas sim, como uma companhia que ajuda as pessoas a solucionarem seus problemas. Viu a diferença?

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

sábado, 7 de julho de 2018

Neymar é "cai-cai" ? Esse comportamento afeta sua imagem? Veja 5 dicas de marketing pessoal


Muitos aspirantes a empreendedores acreditam fielmente que tudo o que precisam fazer é se inscreverem em uma conta no Facebook, Twitter ou outra mídia social e divulgar alguma coisa para explodir nas vendas e atingir um alto nível de aceitação do público. No entanto, isso está bem longe de ser verdade. O marketing pessoal começa com uma autoanálise e identificação do seu perfil para saber como se comunicar melhor e impactar o público de forma mais positiva. Mas não é só isso. Abaixo nós apontamos cinco dicas de marketing pessoal para empreendedores que devem ajudar você nessa jornada de busca pelo sucesso pessoal e profissional. Acompanhe!

1. Estabeleça um contato direto com seus clientes

Se você não estiver diretamente envolvido com o cliente ou potencial cliente em tempo real não estará desenvolvendo o seu marketing pessoal. Por isso, esteja sempre disponível para uma conversa, mesmo que rápida, para esclarecer dúvidas e transmitir conhecimentos ao seu público. Identifique o canal de comunicação mais utilizado pelo seu público e, independente de qual for, aproveite a oportunidade para aproximar mais o cliente do seu negócio e passar uma boa imagem de quem você é e o que pretende. Nesse processo, não esqueça que os instantes iniciais do contato são fundamentais na definição da percepção que o público terá em relação a você.

2. Compartilhe conteúdos relevantes

Marcar presença na internet é fundamental e os consumidores gostam de conteúdo de alta qualidade, principalmente, quando estão pesquisando um produto ou serviço. Entregar informações de valor para o seu público a fim de solucionar os problemas deles pode ser uma estratégia incrível de marketing pessoal para empreendedores. Como a competitividade é cada vez maior, se destaca mais aqueles que conquistarem a confiança do consumidor. E, o conteúdo é a chave para isso.

3. Explore o potencial das mídias sociais

Nesse momento, há cerca de um bilhão de pessoas conectadas ao Facebook e outras duzentas milhões no Twitter. Não custa nada começar uma conta nessas redes sociais e dar início a um bom planejamento de marketing pessoal para empreendedores. Mas, cuidado para não ser chato e irritante o bastante para afastar as pessoas. Utilize as mídias sociais para entregar os conteúdos relevantes e estabelecer um contato mais direto com o seu público como mencionado nos tópicos anteriores. Os conteúdos funcionarão com iscas para eles conhecerem você e logo começarão a contatá-lo.

4. Promova campanhas publicitárias responsivas

O acesso à internet por meio de dispositivos móveis, comotabletsesmartphones ultrapassou os realizados por meio de desktops (computadores comuns). Os recursos são utilizados principalmente para a realização de pesquisas e compras online. Então, antes de desenvolver uma campanha publicitária, considere esses fatores e tenha certeza que ela será adaptável ​​e viável em qualquer tipo de aparelho móvel. A sua imagem também depende disso, uma vez que passará a impressão de ser um profissional atualizado e responsivo.

5. Conte com um apoio profissional

Se você está iniciando a sua jornada de marketing pessoal para empreendedores a fim de construir e desenvolver a sua imagem pessoal e profissional, não deixe de considerar uma ajuda profissional. Diversas empresas na internet oferecem serviços voltados para a formação de um bom profissional com alto grau de excelência e contribuem fortemente para desenvolver a sua imagem no mercado.

Antes, o marketing pessoal era considerado por muitos uma coisa ruim. Hoje, é considerada uma estratégia fundamental para impulsionar o sucesso do negócio e muitas empresas buscam profissionais com espírito empreendedor, mas que possuam também uma boa imagem no mercado. Portanto, não perca mais tempo e comece hoje mesmo o seu plano de marketing pessoal para empreendedores.

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Aumente sua taxa de conversão com essas sacadas rápidas


Levar tráfego para o seu site é ótimo, mas se esse tráfego não se converter, ele é quase inútil. Selecionamos aqui cinco dicas estratégicas simples que podem ajudar você a obter mais conversões.

1. Inclua uma proposta de valor clara

Diga aos seus potenciais compradores o que é especial em seu produto. Como é que ele se difere de todos os outros produtos semelhantes no mercado?

2. Deixe claro os benefícios de seu produto ou serviço

Listar as características de seu produto é importante, mas é ainda mais importante informar aos clientes potenciais exatamente como o seu produto irá ajudá-los ou resolver seus problemas.

3. Preste muita atenção no seu título

Seu título é talvez o elemento mais importante de sua página de destino. Pense em algo forte, simples e objetivo, que deixe claro o propósito da página.

4. Use um vídeo para humanizar a sua marca

Incluir um simples vídeo em páginas de destino pode mostrar que há uma pessoa real por trás da sua marca.

5. Recomende produtos relacionados

Incluir links para conteúdos ou produtos relacionados pode manter os visitantes envolvidos em seu site.

Siga essas dicas básicas e tenha mais conversão para o seu site.

Comente aqui o que você também acha pertinente abordar para trazer conversão.

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

quinta-feira, 5 de julho de 2018

3 sinais que seu site está desatualizado


No mundo digital de hoje, o site deve ser capaz de comunicar eficazmente a sua proposta de valor de uma forma que faça sentido para os consumidores e outras partes interessadas. Seu site tem um papel fundamental no processo de compra, e ele deve ser capaz de comunicar informações importantes. Se o seu site não é capaz disso, de imediato este é um sinal de que você pode ter um site desatualizado.

Seu site deve ser capaz de comunicar a sua proposição de valor da marca e comunicar eficazmente os benefícios e diferenciação única de seu produto (s) ou serviço (s). Se o seu site não pode servir a esta necessidade, a sua empresa está deixando uma grande quantidade de oportunidades sobre a mesa.

Com as empresas cada vez mais sob pressão para fazer mais com menos, você seria louco de não colocar esforço em um site forte. Um site pode se comunicar para a sua empresa 365 dias por ano. E ele não pode se comunicar para você, mas também pode responder perguntas, fornecer informações importantes sobre o produto e gerar novas oportunidades para a conversão.

Um site é um ativo extremamente valioso do negócio que deve ser mantido.

Não há nada de errado com a necessidade de atualizar o seu site. Todas as empresas precisam avaliar continuamente se o seu site está fazendo um bom trabalho de servir as necessidades do negócio. Seu site é uma parte importante de sua identidade de marca, e muitas vezes o primeiro ponto de interação para os novos clientes, parceiros, fornecedores e outras partes interessadas. É só uma questão de perceber quando você tem um site desatualizado.

Aqui estão 5 sinais comuns de um site desatualizado na necessidade de uma atualização:

1. Sua página inicial não está levando uma boa impressão às pessoas?

Não usa o seu site para construir sua marca? Você está perdendo. Sua identidade digital é um ativo valioso empresa que você deve maximizar. 46,1% das pessoas dizem que o projeto de um site é o número um de critério para discernir a credibilidade da empresa.

– Seu logotipo é proeminente?
– Você está usando o esquema de cores da sua marca?
– Você está usando uma fonte consistente para a sua marca?
– Será que o site reflete o look da sua empresa?

2. Seu website não parece bom em um dispositivo móvel ou tablet?

Será que todos os recursos do seu site funcionam corretamente em um dispositivo móvel ou tablet? O seu website requer muito zoom e rolagem quando visto em um dispositivo móvel ou tablet? Cerca de 70% dos donos de celulares usam seus telefones para navegar online.

3 Você tem botões e links exageradamente?

Isto é problemático por uma variedade de razões:

– É potencialmente frustrante para os usuários.
– Parece que você não trabalha bem a sua presença digital.
– Parece que você não sabe manter-se com a tecnologia digital.

Pergunte a si mesmo estas perguntas:

1. Quando foi a última vez que você testou o site da empresa para se certificar que tudo estava funcionando?

2. Você tem um sistema para detectar problemas, como links quebrados ou imagens que faltam?

Depois dessas dicas, verifique se o seu site encaixa em algum item e comece já a colocar a sua atualização em prática para não perder clientes e potenciais.

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Sacadas especiais para ser visto nos motores de busca


Então você acabou de construir um website. Isso é ótimo! Qual será a próxima etapa? Vamos fazer uma experiência, digitando o nome da sua organização em qualquer motor de busca popular (como o Google). A sua empresa está listada no topo? Continue digitando alguns serviços que sua empresa oferece. A sua organização aparece no topo da página de resultados de busca com isso também? O posicionamento do seu site nos motores de busca como o Google ou o Yahoo Search é importante. Encontrar sua empresa deve ser conveniente e fácil para seus clientes atuais/potenciais encontrarem o seu site usando o nome de sua organização.

Uma pessoa não pode ter total controle sobre como e quando o seu site aparece nos motores de busca. Mas há sempre mais do que você jamais poderia imaginar. E para facilitar ainda mais o processo de SEO, invista tempo em tarefas relativamente simples, como incluir palavras-chave nos títulos e subtítulos, pode colher alguns benefícios substanciais.

Observe o grau de importância, lendo as seguintes estatísticas

– 75% dos usuários nunca pulam da primeira página de resultados de pesquisa
– 70 a 80% dos usuários ignoram os anúncios pagos
– 93% das experiências online começam com um motor de busca
– 131 bilhões de buscas são realizadas a cada mês na web
– 6 em cada 10 empresas planejam gastar mais em SEO este ano

Abaixo , sugerimos três passos que podem ajudar os motores de busca a encontrar e priorizar o conteúdo do seu site:

1. Saiba como seus clientes buscam

Pense e trabalhe como se você fosse o cliente. Como você busca para a sua organização? Quais seriam as frases que você incluiria? Pesquise os termos que seus clientes usam e entenda como eles procuram e utilizam as palavras-chave em sua estratégia.

2. Não crie seu site apenas para o Google, crie-o para seus usuários

Você tem que aceitar e compreender o fato de que existem centenas de motores de busca na internet. Felizmente, existem apenas uns 5 melhores. Estes incluem Google, Yahoo, Bing, etc. Não basta otimizar as coisas para o Google. Há muitos que usam Yahoo. E você não pode ignorá-lo. A boa experiência do usuário é uma ótima maneira de melhorar a sua classificação.

3. Não há necessidade de usar linguagem difícil de entender

Imagine uma situação em que o usuário tenha que olhar no dicionário cada palavra do seu artigo. Isso cria uma má impressão. Você tem que ser claro na escrita. O conteúdo da sua página deve ser lido naturalmente, não encha um texto de lotes de palavras-chave complexas. Deixe tudo fluir para o leitor.

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

terça-feira, 3 de julho de 2018

Marketing Digital para pequenas e médias empresas


A importância do marketing digital para pequenas e médias empresas não é uma novidade. Muitas PMEs já sentem hoje os resultados de um trabalho bem feito tempos atrás.

Se você ainda não possui uma estratégia de marketing digital definida, mas tem a pretensão de fazê-lo, este post é para você. Antes de iniciar qualquer estratégia para sua empresa você deve saber quais são os desafios que muitas dessas empresas enfrentam e quais são algumas das soluções encontradas.

Desafios

  • Optar por um modelo: contrato alguém para fazer isso internamente ou contrato uma agência/consultoria?
  • Conteúdo: quem elabora o conteúdo?
  • Resultados: como avaliar os resultados?

Contratar um profissional, uma agência ou uma consultoria?

Desenvolver uma estratégia de SEO para uma pequena empresa é muito diferente de fazer o mesmo em uma empresa de grande porte. Raramente, uma pequena empresa montará uma equipe de marketing digital, portanto a dúvida mais comum entre as PMEs está relacionada ao modelo a adotar.

Existem 3 opções: realizar isso in-house (contratar um profissional para realizar essas atividades na empresa), contratar uma agência ou contratar uma consultoria.

Modelo in-house

A principal dificuldade que encontro neste modelo está relacionada a gestão das pessoas e de resultados. Ao optar por esse modelo o gestor deve ter em mente que ele precisa de pelo menos um especialista na equipe. Caso ele contrate um estagiário ou um profissional júnior ele deve ter o mínimo de conhecimento técnico para apoiar e colaborar com as estratégias bem como saber o que deve e o que pode ser cobrado se tratando de resultados.

As vantagens desse modelo incluem a agilidade e um menor tempo de resposta. Por exemplo: alguém enviou uma dúvida no Facebook da empresa, rapidamente este profissional pode resolvê-la. Outra vantagem importante é o alto grau de conhecimento do negócio. Novos produtos/serviços que a empresa está lançando, novos concorrentes, feiras e eventos que a empresa vai participar, tudo isso se torna mais natural para um profissional que está dentro da sua empresa.

Modelo agência

No modelo tradicional de agências, as empresas passam sua responsabilidade para a agência que passa a cuidar de suas estratégias de marketing digital. Uma das desvantagens desse modelo é falta de participação da empresa nas estratégias. Muito embora a empresa possa participar junto com a agência em reuniões para traçar estratégias e medir resultados, nada se compara a traçar essas estratégias dentro da própria empresa. Outra questão importante é que a agência geralmente atende vários clientes, comparando esse modelo ao anterior nota-se que a agência não chegará no mesmo grau de conhecimento do negócio do cliente quanto um funcionário que vive seu dia-a-dia.

A vantagem desse modelo é poder contar com um parceiro especializado para uma atividade que não faz parte do seu core business (negócio principal) enquanto você pode manter o foco no seu negócio.

Modelo consultoria

Este modelo é praticamente uma mescla dos dois modelos anteriores. Na minha visão a principal vantagem deste modelo é que ele incentiva as empresas a “caminharem com suas próprias pernas”. Existem diversos moldelos de consultoria no mercado. O consultor ajuda a empresa a elaborar um planejamento e acompanha toda sua execução. Semanalmente o consultor se apresenta na empresa para acompanhar a evolução e orientar a equipe, e mensalmente se reporta aos donos/gestores para apresentar relatórios de evolução.

A desvantagem deste modelo é que seu custo (na verdade é um investimento) pode parecer maior quando comparado aos anteriores.

Saiba qual modelo é o mais indicado para você

Condições:                                                                                                                 Modelo indicado
  • Ter pelo menos um especialista em marketing digital na equipe                            In-house
  • Não deseja ser responsável pelo marketing digital
  • Não deseja ter um ou mais profissionais de marketing digital                          Agência digital
  • Deseja estruturar a empresa para trabalhar futuramente no modelo in-house
  • Deve ter pelo menos um profissional dedicado ao marketing digital
  • Deseja contar com a visão de um especialista                           Consultoria de Marketing Digital
Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Sacadas para você construir um Plano de Marketing de Conteúdo de sucesso


Os últimos anos foram marcados por várias mudanças significativas nos motores de busca (particularmente no Google) que têm afetado a forma como o marketing digital é feito. O Google tem mostrado às empresas que, enquanto seus sites mantêm a produção de conteúdo de qualidade regularmente, eles certamente estarão à frente da concorrência.

Enquanto isso não faz sentido do ponto de vista do consumidor, as empresas ainda têm dificuldade para se adaptar isso.

Marketing de conteúdo

De acordo com estudos, quase metade dos profissionais de marketing B2B não tem uma estratégia de marketing de conteúdo bem definida. A maioria ainda está indecisa sobre seguir seus estilos tradicionais de marketing ou investir em algo totalmente novo. Eles sabem que o Google e outros motores de busca posicionam sites com conteúdo de grande qualidade. O que eles não sabem é por onde começar.

Empresas e comerciantes que gastam tempo planejando adequadamente sua estratégia de marketing de conteúdo terão uma vantagem sobre seus concorrentes. Assim, como pode uma empresa criar uma estratégia eficaz e consistente de marketing de conteúdo? Este artigo irá discutir dicas importantes para criar um plano de marketing de conteúdo eficaz para você experimentar crescimentos consistentes.

Formas de conteúdo:
  • Artigos
  • Posts de Blog
  • eBooks
  • Infográficos
  • Vídeos
  • Podcasts
  • Gráficos de dados
Você pode se surpreender ao ver alguns desses conteúdos que jamais consideraria como parte do seu marketing de conteúdo. Mas o marketing de conteúdo não é apenas escrever artigos. Cada peça útil de dados online é uma forma de conteúdo. Elas vêm em diferentes formas e têm o seu próprio valor.

Você pode pensar que a criação de conteúdo por si só atrai as pessoas. Mas ela exige táticas sólidas para alcançar os melhores resultados. Então, como você melhora o seu plano de marketing de conteúdo? Antes mesmo de começar a melhorar suas estratégias de marketing de conteúdo, aqui estão algumas perguntas que você precisa perguntar a si mesmo ou ao seu cliente para ser mais eficaz. Isso também irá ajudá-lo a reconhecer as limitações de seus recursos.
  1. Você conhece alguém que possa escrever o conteúdo para o seu negócio, serviços ou produtos? Alguém que pode realmente fazer o leitor reagir positivamente?
  2. Você tem alguém para ajudá-lo a criar grandes gráficos ou imagens para adicionar ao seu conteúdo? Conteúdo sozinho pode ser muito chato.
  3. Você tem alguém que pode produzir e editar um vídeo interessante? O áudio também é bom, mas o vídeo é mais poderoso.
  4. Existe alguém que pode criar ou gerenciar seu público-alvo? Alguém que é bom em mídia social?
Depois de ter identificado os recursos da sua empresa e você não tiver alguns desses pontos-chave, então você precisa considerar a contratação de uma ajuda. De qualquer maneira, você precisa entender que para ser eficaz no seu plano de marketing de conteúdo, você precisa ser capaz de fornecer o que é necessário para as suas estratégias.

Dicas de marketing de conteúdo

  • Defina o seu propósito.
  • Identifique o seu público-alvo.
  • Mapeie sua estratégia ou estratégias.
  • Crie algo que conta uma história sobre o seu negócio.
  • Misture suas estratégias: diversifique seus planos de marketing de conteúdo, misturando os diferentes tipos de mídia, como vídeos, imagens, infográficos e eBooks.
Agora que você sabe como ser mais eficaz no seu planejamento de marketing de conteúdo, é chegada a hora de mudar sua abordagem e implementar essas mudanças o mais rapidamente possível.

Inscreva-se em nosso blog e fique por dentro de nossas novidades

Estamos constantemente produzindo conteúdo que pode ajudar na sua jornada empreendedora!!
Compartilhe:
Continue Lendo →