domingo, 13 de maio de 2018

Planejamento de Marketing Digital para Pequenas empresas


Nesse artigo vamos explorar o porquê o empreendedor deve entender o conceito de Planejamento de Marketing Digital e como aplicá-lo na prática em sua empresa.

Vamos ser bem honestos. A vida de empreendedor não é fácil. Além de desenvolver o produto ou serviço, se preocupar com as vendas, lidar com pessoas, zelar pela área financeira, recolher impostos, estar atento aos concorrentes, às tendências de mercado e ainda ter que cuidar do marketing não é nada simples. Ainda mais para o pequeno empreendedor.

Por conta de todas essas atividades é muito comum que esse empreendedor possua algumas atividades no Marketing Digital, embora sem um planejamento adequado capaz de orientar todo o processo. É o famoso “apaga incêndio”. O empreendedor sabe que precisa fazer a lição de casa: Ter um site funcional e atraente, aparecer no Google para suas principais palavras-chave, estar nas mídias sociais, dentre outras atividades. No entanto, a verdade é que, raramente, ele consegue contar um planejamento de marketing digital consistente que irá orientar todas as atividades nessa área. Vemos isso acontecer todos os dias.

E, quais são as principais consequências dessa atitude?

Em nossa experiência está muito claro que o empreendedor que não se preocupa em realizar um Planejamento de Marketing Digital acaba subaproveitando oportunidades no mercado. Na prática, isso significa que a empresa poderia estar vendendo mais, se relacionando com novos clientes, aumentando sua equipe, se expandindo para novos mercados, etc. Poderia, mas não está.

Um dos principais benefícios de um Planejamento de Marketing Digital é exigir que os profissionais da empresa (e os parceiros que a apoiam, se for o caso) reflitam e criem estratégias para o crescimento do negócio, seja ele em termos de crescimento de leads, venda de produtos, aumenta da receita de publicidade, etc. Esse exercício, por si só, já é muito poderoso e enriquecedor, pois geralmente traz novos insights e novas abordagens para resolução de problemas e exploração de novas oportunidades.

Estrutura Básica de um Planejamento de Marketing Digital

A estrutura básica de um Planejamento de ações de Marketing digital consiste basicamente em três grandes etapas, sendo que a primeira delas se trata da realização de um diagnóstico da situação atual da empresa. E o que isso quer dizer? Quer dizer que precisamos entender como está configurado o nosso funil de vendas e suas taxas de conversão.

1 – Funil de Vendas

O funil de vendas é um conceito muito simples de ser entendido. Vamos imaginar uma empresa de serviços. Nesse caso, identificamos 4 etapas no funil, sendo elas: Visitantes | Leads | Oportunidades | Clientes

Chamamos de funil justamente pelo fato de que os usuários vão diminuindo ao longo do caminho. Temos muitos visitantes que geram alguns leads, que, por sua vez, geram algumas oportunidades e, por fim, poucos clientes (comparados à primeira etapa do funil).

Com um funil estabelecido, é possível saber suas taxas de conversão (em percentual) em cada uma das etapas. Ou seja, de todos os usuários que visitaram meu site, quantos se tornaram leads? E, de todos os leads gerados, quantos se tornaram uma oportunidade de negócio? E, das oportunidades, quantos se tornaram clientes?

Entender esses números do funil de vendas é fundamental para que você tenha uma fotografia atual de seu negócio e de onde deseja chegar. Só assim será possível traçar novas metas de crescimento, caso contrário, tudo fica muito difícil de prever e acabam-se desenhando cenários hipotéticos, muitas vezes difíceis de serem atingidos.

E se você não mede esses números? Então é hora de rever seus processos e começar a medi-los já, para que nos próximos meses consiga ter uma visão geral de seu funil de vendas.

2 – Objetivos

Depois de conhecer os números de seu funil, vamos à etapa de traçar objetivos. Você precisa estabelecer um objetivo que seja desafiador e, ao mesmo tempo, factível de ser atingido. De nada adianta traçar objetivos irrealistas que só servirão para desmotivar sua equipe. Mas como chegar nesse objetivo? Sem o conhecimento do funil de vendas e um histórico confiável fica realmente difícil chegar nesse objetivo. No entanto, quando temos um funil que funciona e tem taxas relativamente previsíveis ao longo do tempo, conseguimos projetar um crescimento que seja desafiador aos níveis atuais da empresa sem que sejam irreais.

E o que é um objetivo para minha empresa?

Se sua empresa for uma empresa de serviços, assim como a maioria que atendemos aqui na Innova comnicação e Marketing, um dos seus principais objetivos com certeza será gerar leads qualificados para o seu negócio. Se a sua empresa estiver em estágio inicial, o seu objetivo será começar a gerar leads e se o negócio estiver num estágio mais avançado, o objetivo estará relacionado a otimização na forma como esses leads são atraídos em todas as suas etapas do funil.

3 – Plano de Ação e Cronograma de Implementação

Depois de definido ONDE a empresa deseja chegar, nessa etapa vamos definir o COMO.
Nessa etapa é importante definir quais as atividades e projetos serão desenvolvidos, o orçamento que será alocado, responsáveis e prazo de implementação. Nada muito complicado, na verdade, a ideia é que seja muito simples. Quem faz o que, até quando, com que verba. Um software gratuito que pode lhe ajudar aqui é o Asana. Trata-se de um gerenciador de projetos bem simples em que você pode elaborar seu planejamento junto à sua equipe.

Se sua empresa já está mais madura em relação ao Marketing Digital e implementa ações de Inbound Marketing, por exemplo, nessa etapa você e sua equipe devem definir como aumentar o número de leads qualificados por tipo de Persona da empresa. Que novos materiais irão criar para cada uma delas? Quais os fluxos de nutrição deverão ser criados? Que tipos de novos conteúdos no Blog? E assim por diante.

O objetivo é que, ao final de todas as etapas planejadas, você tenha um cronograma com todas as ações, responsáveis e prazos de implementação e que será compartilhado com toda a equipe. Mesmo que sua equipe seja reduzida, a famosa “euquipe”, será de grande importância seguir todas essas etapas para organizar a implementação das ações.

Prazo de um Planejamento

Pela nossa experiência e pela própria natureza desse mercado não faz sentido criar planejamentos maiores que 18 meses. Isso porque é difícil prever como estará o mercado após esse tempo (em termos tecnológicos, de novas plataformas, concorrência, etc). Geralmente criamos um plano de 12 meses para clientes. Esse é um período que consideramos ideal em que é possível executar um planejamento para atingir resultados consistentes.

Métricas e Correções de Rota

Uma observação importante: Não quer dizer que você e sua equipe criou um planejamento de 12 meses que somente irão monitorar os resultados no final do último mês. É muito importante que vocês verifiquem periodicamente(mensalmente ou, no máximo, trimestralmente) como está o andamento do Planejamento de Marketing Digital traçado. Isso porque é comum que ocorram mudanças durante o percurso não previstas inicialmente. Algumas adaptações podem ser necessárias em termos de prazos, investimento e prioridades. Por isso, é sempre importante manter um olhar atento ao Planejamento várias vezes ao ano.

E você? Como tem tratado o Planejamento de Marketing Digital na sua empresa? Tem se preocupado com isso ou somente tem “apagado incêndios” ultimamente?

Espero que esse artigo tenha lhe ajudado a refletir sobre isso.

E então, gostou das dicas? Deixe um comentário.
Compartilhe:
Local: Brasil

0 comentários:

Postar um comentário