segunda-feira, 7 de maio de 2018

5 Erros bobos que empresas cometem no Google Adwords


Se você é uma das muitas empresas (se não todas) que querem enviar tráfego para o seu site, precisa se atentar. Com a quantidade de ruído presente na internet hoje, e cada vez mais campanhas de marketing digital explodindo, colocar sua mensagem na frente do seu público-alvo com anúncios pagos é uma técnica poderosa. Com o Google AdWords, tudo fica mais fácil apresentar sua abordagem.

Infelizmente, porém, só porque é fácil abrir uma conta Adwords não significa que é fácil gerar um retorno positivo sobre o investimento utilizando o serviço.

E se as suas campanhas estão produzindo resultados medíocres, leia os seguintes erros que a maioria das empresas cometem e que vocÊ pode estar cometendo também:

1. Segmentação de palavras-chave muito ampla

Comece suas campanhas no AdWords com grupos de cinco a 10 palavras-chave de cauda longa – de preferência aquelas que você identificou como boas a partir dos dados encontrados em suas contas do Google Analytics ou Google Webmaster Tools. Expanda suas campanhas para as palavras-chave mais abrangentes apenas quando você for capaz de provar um ROI positivo com estas consultas.

2. Colocar muitas palavras-chave em um grupo de anúncios

Em um mundo ideal, você cria uma página única e anúncio de PPC para cada palavra-chave que você quer, de modo que a experiência do seu usuário é seja tão efetiva quanto possível. Mas, desde que ninguém tem tanto tempo, manter grupos de anúncios de apenas cinco a 10 palavras-chave pode ser o ideal para começar, como mencionado acima. Fazer isso irá impedi-lo de forçar muitas palavras não relacionadas e frases para usar os mesmos anúncios e páginas de destino.

3. Envio de tráfego diretamente para a sua página inicial

Cada visitante que você segura através de anúncios PPC deve acabar em uma página de destino que é projetada para ser o mais atraente e envolvente quanto possível com os seus interesses. Se, em vez disso, você simplesmente deixa os visitantes caírem em sua página inicial, você está fazendo com que eles tenham um grande esforço ao encontrar a informação que eles querem, levando a taxas de rejeição mais elevadas, perda de oportunidades de conversão e despesas desnecessárias com anúncios .

4. Não inclui palavras-chave negativas no Google Adwords

Suponha que você tem um site que vende sapatos de grife para mulheres. Dependendo do tipo de estratégia que você usa, a sua campanha de AdWords de “sapatos para mulheres” pode aparecer em frases que variam de “sapatos de grife para mulheres” para “sapatos femininos baratos.”

Uma vez que cada clique custa dinheiro – e uma vez que os visitantes que procuram “sapatos femininos baratos” não são susceptíveis de se transformar em compradores para você – adicione a palavra-chave negativa “-barato” em sua campanha para manter esses retrocessos do à distância.

5. Não mede o ROI

Se você estiver executando campanhas do AdWords sem qualquer mecanismo para determinar quais dos seus cliques pagos estão convertendo em clientes, você está certamente desperdiçando dinheiro em tráfego de má qualidade. Acompanhe as conversões que entram em seu funil de vendas a partir de um clique do AdWords. O acompanhamento de conversões em seu site requer que você defina primeiro o seu funil de vendas e, em seguida, instale um pixel de rastreamento no AdWords ou configure as metas do Google Analytics em seu site.

Gostou do artigo? Compartilhe suas experiências, nos comentários.

Fale conosco, e entenda como podemos te apoiar em suas campanhas.
Compartilhe:
Local: Brasil

0 comentários:

Postar um comentário