domingo, 8 de abril de 2018

Como trabalhar o remarketing de forma eficaz?



O remarketing é amplamente conhecido como um das estratégias de publicidade mais eficazes, graças à sua capacidade de direcionar os visitantes do site que não foram convertidos. Os anúncios de remarketing podem ser criado por meio de várias plataformas de anúncios, e existem várias estratégias que podem ser usadas para aumentar seus benefícios.

Veja quatro maneiras diferentes de recolocação no mercado por meio do remarketing que vale a pena implementar:

1. Utilize o Google Analytics

O Google Analytics é uma ótima ferramenta para as empresas que querem começar uma estratégia de remarketing, pois permite criar listas de usuários com base em seus comportamentos em um site. Por exemplo, o Google Analytics permite criar listas com base em tempo no site, páginas vistas, páginas de saída, alcance de metas e muito mais. Além disso, a ferramenta se integra ao Google AdWords, e todas as listas que você criar no Google Analytics podem ser usada no Google AdWords também.

2. Use remarketing para pesquisa

O remarketing para pesquisa permite que as empresas alcancem as pessoas que visitaram anteriormente o site, enquanto elas estão procurando qualquer palavra-chave selecionada personalizada no Google. Considerando que o remarketing almeja os visitantes do site anteriores, as empresas podem selecionar palavras-chave mais amplas para um remarketing para a campanha de busca.

3. Remarketing para ecommerce

As empresas com milhares de produtos geralmente não têm tempo de criar um banner para cada um de seus produtos. O Google e Facebook oferecem a oportunidade de criar anúncios de remarketing dinâmicos, ajudando nesse sentido. Além disso, o Google está desenvolvendo um sistema para permitir que os anunciantes façam upload de seus próprios banners personalizados dinâmicos.

4. Remarketing no YouTube

Os anúncios do YouTube são criados e gerenciados pelo Google AdWords. Isso significa que eles podem usar as audiências que estão disponíveis no Google AdWords, incluindo aqueles criados no Google Analytics. O YouTube permite vídeo e banners publicitários. Os anúncios em vídeo são mais propensos a gerar visibilidade para a marca, mas não levam muitos cliques para o site. Entretanto, os banners gerar mais cliques para o site, mas menos branding.

E você, faz remarketing para o seu negócio? Tem alguma dúvida? Fale conosco!
Compartilhe:
Local: Brasil

0 comentários:

Postar um comentário